Alternative Press: Hayley vence prêmio de Melhor Vocalista no APMAs 2015

11745925_927005470690315_3253082348055133229_n

Em entrevista para o site Alternative Press, Hayley Williams comentou sobre ter vencido o prêmio de melhor vocalista no APMAs 2015, o encontro com Lynn Gunn, o fim da era auto-intitulada, e o verdadeiro amor. Leia a tradução abaixo:

Haley Williams do Paramore passou no APMAs para se juntar a “New Found Glory” em “Vicious Love“, mas também conseguiu obter um troféu de Melhor Vocalista enquanto ela estava lá. Nos sentamos com ela para falar sobre finalmente o encontro com Lynn Gunn de PVRIS , o fim da era auto-intitulada , e o verdadeiro amor.

Entrevista por Lee McKinstry ; foto por Lindsey Byrnes.

Parabéns pela vitória, como você se sente?
Impressionada! Eu não sei se eu já ganhei um prêmio especifico para cantores, por isso é muito legal. Eu acho legal ter uma categoria para os vocais aqui, especialmente neste cenário. Me senti bem. Foi muito bom.

O que você achou de seus concorrentes?
Eu estava realmente empolgada para estar nessa lista de pessoas, porque eu conheço muito bem todos eles. Foi muito legal ver Lynn Gunn. Eu amo a [PVRIS são] Warped Tour que estão fazendo no momento. Eu estou acompanhando um pouco de longe. É bom existir outra garota que canta muito entre as guitarras, e isto realmente mostra que é uma boa fase. Eu estava -oh meu Deus , eu quase disse que estava “atirando” para ela, e então eu percebi o seu último nome é Gunn . Isso foi tão brega!

Muito bem, muito bem. Você nem sequer tentou.
Eu não!

Alguma informação que você pode nos dar sobre o próximo álbum do Paramore?
Oh, eu não posso lhe passar nenhuma informação sobre ele! Isso é útil? [Risos.] Nós realmente estivemos trabalhando em casa lentamente. Nos sentimos melhor assim. A maioria dos álbuns–entre os álbuns–do Paramore foram sempre tão depressa. Mesmo entre Brand New Eyes e o Auto-Intitulado, houve muito tempo entre eles o que é normal para nós, mas nós lançamos um EP, mantendo a turnê. Então, nos sentimos bem por trabalhar devagar e ver o que sai dessa maneira.

Você disse que a era Auto-intitulada terminou. Então, o que vem por aí para Paramore ?
Significa que, essa é a parte assustadora e surpreendente. Para ser honesta, eu ainda estou um pouco triste pelo fim da era Auto-Intitulada. Estávamos tão feliz, foi um tempo maravilhoso para a nossa banda. Nossa banda já passou por muitos altos e baixos, então, de fato foi bom ter esses três anos de aventuras emocionantes. Eu definitivamente estou triste, mas eu estou realmente animada para ver o que vai acontecer depois, porque eu nunca teria previsto a gravação do Self-Titled. Isso me deixa esperançosa para o futuro.

Como você e New Found Glory decidiram “Love Vicious” como a música que você queria participar com eles?
Eu sabia que eles queriam um vocal feminino nessa canção particularmente. Quando ouvi isso, eu era como , “Aqui estou! Eu sou Hayley . Do Paramore. ” Mas, falando sério, eu sou um grande fã. Como, além Chad, eu amo muito esses caras. Desde o primeiro dia, quando eu os conheci na Warped Tour, acabamos nos tornando bons amigos ao longo dos últimos anos. Eu realmente queria fazê-la apenas por razões pessoais, como essa situação de amizade verdadeira, mas eu amo a música.

Então, eles já sabiam que era a música que eles queriam. Eu sei que é inspirada por seu relacionamento. Você acha que você queria mostrar um lado diferente dessa relação?
Sim! Da mesma forma com “Still Into You” e “The Only Exception“,na verdade. Para mim, pessoalmente, é mais convincente para falar sobre as coisas difíceis do amor, porque eu não acho que eu realmente acreditava nele quando eu comecei a experimentá-lo. Eu gostaria de manter aterrado, e que se sente muito impossível. Às vezes, mesmo quando está acontecendo, ele ainda se sente impossível.

Acho que as pessoas se relacionam com isso um pouco mais.
Isso é bom, eu gosto disso. Porque o conto de fadas é bom e tudo mais, mas ele realmente não existe. Eu não quero dizer de uma forma pessimista.

Às vezes, a realidade pode ser tão bom.
Exatamente! Eu amo a realidade.

Eu só estou aqui para lhe dar uma conversa animada.
[Risos.] Obrigada, obrigada.

 

Fonte
Tradução e adaptação: equipe Paramore BR